MPCE implanta Núcleo de Inteligência e Apoio Técnico


03,10.19.Implantação.NIAT.sEm solenidade realizada na manhã desta quinta-feira (03/10), no auditório dos Centros de Apoio Operacional, o procurador-geral de Justiça, Plácido Barroso Rios, implantou o Núcleo de Inteligência e Apoio Técnico (NIAT) do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). O NIAT é um órgão de assessoramento e apoio técnico que dará suporte estratégico e operacional aos órgãos da administração e de execução do Ministério Público, atendendo as demandas de inteligência e análise de evidências digitais e tecnológicas.

O procurador-geral de Justiça Plácido Rios salientou a importância do NIAT em um contexto de interação entre as instituições para melhor prestação de serviços públicos à sociedade cearense. “Nós conseguimos reunir em um órgão todas as informações necessárias que eram tratadas por diversas Promotorias de Justiça em todo o estado. A intenção é que tenhamos essa centralização desse Núcleo de Inteligência, com a ajuda de todos os demais órgãos de inteligência do Ceará e do Brasil”, declarou.

O Núcleo será composto pelos seguintes setores: Inteligência; Pesquisa e Análise de Dados; Sistema e Extração de Dados; e Operações e Logística. As coordenações geral e auxiliar do NIAT caberão, respectivamente, aos promotores de Justiça Rinaldo Janja e Francisco Gomes Câmara. Segundo o coordenador Rinaldo Janja, a intenção do Núcleo é compor e se integrar às demais agências na busca do compartilhamento informacional e de um permanente aperfeiçoamento profissional, em defesa de uma segurança pública de qualidade.

“O nosso propósito é o exercício com excelência da atividade de inteligência, possibilitando que a informação seja tratada de forma compartimentada, passando por uma triagem até chegar ao órgão de administração ou de execução com atribuição, sem desperdício de tempo, recursos humanos, materiais e financeiros, sem individualismo ou amadorismo, primando pela observação do princípio constitucional da eficiência na administração pública”, destacou o coordenador do NIAT, Rinaldo Janja.

Compuseram locais de destaque da solenidade o procurador-geral de Justiça do Ceará, Plácido Rios; o promotor de Justiça e coordenador do NIAT, Rinaldo Janja; o coronel aviador Alex Pereira de Souza, comandante da Base Aérea de Fortaleza; o superintendente da Pesquisa e Estratégia da Segurança Pública (Supesp), Aloísio Lira, representando o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), André Costa; o procurador de Justiça e corregedor-geral do MPCE, José Wilson Sales Júnior; a procuradora de Justiça e ouvidora-geral do MPCE, Vera Maria Fernandes Ferraz; e o promotor de Justiça e 1º vice-presidente da Associação Cearense do Ministério Público (ACMP), Diassis Leitão.

O evento contou, ainda, com homenagem ao major da Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE), Antônio Eduardo Cavalcante Barros, integrante da Assessoria de Inteligência da PMCE, por ter exercido, de 2008 a 2018, funções no Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do MPCE. A placa foi recebida por Eduardo Sampaio de Melo, delegado de Polícia Civil e chefe do Setor de Análise da Coordenadoria de Inteligência da SSPDS, representando o homenageado. A criação do NIAT é uma ação que faz parte da 2ª Onda do Planejamento Estratégico do Ministério Público com a consultoria da Elo Group.

Assessoria de Imprensa

Ministério Público do Estado do Ceará

Email:imprensa@mpce.mp.br